devaneios

everything is difficult before it gets easy

Senti falta de abanar o rabo. Pois cá estou 🙂
Essa história de ir querer mudar o meu ticket para Paris virou balela e eu fui mesmo foi para a Suécia. O amor venceu. Agora sou proprietária de uma bicicleta. Sou ciclista novamente, com muito orgulho, obrigada! Na verdade, sou um mix de ciclista suicida, porque todos aqueles que se arriscam pedalar pelas ruas de São Paulo tem um pouco de insanidade. Minha shaking bones até ganhou banco novo (porque o que veio de fábrica era realmente um estupro) e cestinha. Ela dobra, quase cabe no bolso. Faz sucesso por onde passa ( e também barulho – um barulho que não deveria fazer). Enfim, puro love.
Agora sinto de verdade que meus planos vão se concretizar. É tão bom ter uma vida normal. Difícil é me sentir disposta para fazer as coisas que quero tendo um trabalho com horários doidos. Só tento me adaptar, mas juro, é difícil. Ainda não caiu a ficha que logo vou deixar a terra onde canta o sabiá e ir morar dentro do freezer chamado Suécia. Grandes mudanças me esperam.. e boas! Acho que a coisa mais bela e virtuosa da vida é a simplicidade, e é isso que eu mais gostaria de ter na minha vida. Simplicidade, calmaria.
Sinto que estou mais controlada, até equilibrada.. mas naquelas de geminiana.
Ando percebendo que esta está sendo a época em que estou começando a colocar os tijolinhos da minha vida. Essa coisa de faculdade, o que fazer da própria existência. Quero muito uma máquina de costura, voltar a passar o tempo espirrando em lojas de tecidos empoeiradas até achar a estampa que desperta o feeling. E depois tentar imaginar o que aquele pedaço de pano pode virar. Há tantas coisas que quero ser e quero fazer.  Sinto muita falta dos meus amigos-família-cachorra e sinto que tenho sido muito negligente, mas não tem muito o que se fazer com essa coisa de distância e falta de tempo. Fazer whatsom!

You Might Also Like...

No Comments

Deixe uma resposta