devaneios

Direto do olho do furacão

Oi, gentes!

Se liga que nem sei por onde começar. Acho que fiquei sem escrever aqui desde a era paleolítica. Foi um trampo desgraçado instalar o WordPress e migrar o blog (de noobie total fui promovida a semi entendida, diríamos). Um troço que era pra levar 5 minutinhos acabou durando uns 4 meses. E olha que ainda tem muita coisa que quero mudar no layout mas to extremamente sem tempo. Alias, tempo é a coisa que mais quero na vida agora.

Eu devo tar muito macumabada no carma da tecnologia porque o Benjocs tacou o meu Ipad no chão umas trocentas vezes e ele resolveu passar dessa pra melhor. Ai no mes seguinte, eu comprei umas rosas lendjas durante a tpm from me to myself pra me alegrar mas botei o vaso bem ao lado do meu mac e a destrambelhada virou tudo como um diluvio em cima do computador. 6,700 coroas só para arrumar. E dai, que ne! Não tenho esse dinheirinho, non. Mais um pouco e dá pra comprar um novo. O bom é que tem espaço no jardim de casa e posso começar a plantar maçãs. (rir pra não chorar – e muito). E dai que agora to usando o pc do Alex com os teclado tudo doido em sueco e tenho que usar o teclado digital. Imagina a felicidade da crionça.  Mãs, como todo brasileiro que não desiste nunca resolvi voltar pra cá mesmo que na sofrencia (e vocês vão ter que me perdoar a digitação zoada pq não tem muito jeito).

Esses dois ultimos meses tem sido muito lucycrazy. Meus pais e minha avo vieram pra cá para uma visita relâmpago no final do julho e eu e o Benjoca ficamos detidos na policia da Estonia porque entrei ilegal sem querer por aquelas bandas (fiquei das 11 as 18 numa salinha de vidro entretendo o Benjamin. Não podia nem ir ao banheiro desacompanhada. whadafuuu) Isso foi porque o Alexwonder pensou que meu visto de permanecia iria se autorenovar e eu fiquei de buenas. Dai descobrimos too late e eu ja estava ilegal. E dai resolvi ir para Tallinn de navio com meus pais e dai fui barrada no baile. E tive que passar a tarde na maior chateação na policia. Pelo menos a gente fez um tour diferenciado com van da poliça por Tallinx. E detalhe que tudo era em estoniano. Ai teve uma interprete que fedia mais do que chaminé de fabrica de tijolo! Ate com a Interpol eles entraram em contato hahahaha. E dai você olhada para o ser super perigoso cantando galinha pitadinha e trocando fraldas dentro da sala da policia. E só pude voltar pra Suécia porque o benjoca nasceu aqui porque a tia lá falou que se não fosse por isso eu teria sido mandada de volta pra terra da banana. (já que meu visto tinha vencido na suecx, eles se basearam na ultima vez que eu entrei na zooropa e dai entrou no prazo do acordo de Schengen e dai que fuuuuuu) Eu so queria mesmo era ter ido tomar uma cervejinha no centro de tallin com a minha familinda. Mas rolou não e ainda tive que responder umas 50 vezes que não tinha intenções de querer ser parte daquela nação sem noção.

E agora que esto legalizada não to tendo tempo para respirar (isso só ta rolando mesmo porque é involuntario e não requer muito esforço). Benjamin teve que entrar na escolinha (que aqui eles chamam de dagis), a minha amiga me descolou um trampo meio período e eu ainda to estudando suecs no final do dia. Ou seja, chego em casa só caco da viola e o mais triste de tudo é que Beijoca ja ta dormindo. Eu só tenho visto ele de manhã e bate aquela culpa violenta de que ele ta crescendo e  não estou conseguindo acompanhar com esse lance de chupar e assobiar cana ao mesmo tempo. E dai que deu um rolo no meu curso de sueco. Eu ia começar um que tinha duração de 7 semanas, tempo integral. Belezinha. Dai de ultima hora me falaram que não ia ter mais vagas e dai me botaram em um outro que tem duração de 21 semanas e que só vai acabar no dia 18 de dezembro. Mãs no dia 5 de dezembro a gente vai embarcar para o Quatar e depois para India. Eike loucura, eike badalo. Destino mais exótico não há! Se a gente voltar sem malaria, piriri e afins eu juro que acendo velas para todos os santos! (mas só pelo fato de poder fugir do inferno-inverno sueco já tá valendo super). E dai que o lance é que vou ter que terminar em tempo recorde o curso de sueco, antes de everybody pra eu poder ir fazer o meu caminho das indias. Mas nem tempo para dormir estou tendo direito porque Benjocs ta nesse turbilhão de coisas novas acontecendo na escolinha que fica super agitado e acorda 293829 vezes a noite. Ai só resta o pó da bolacha.

Mas a coisa é que vou começar a botar mais coisas na roda aqui antes que esse computador também resolva passar dessa pra melhor 🙂

You Might Also Like...

No Comments

Deixe uma resposta