devaneios

Dando o ar da graça

crédito da imagem: ofelipeguga

 

Lá vem ela depois de 500 anos sem escrever nada por essas bandas (como sempre). Gente, eu sou uma típica geminiana. Ou é 8 ou é 80. Os meus amigos são super acostumados com os meus sumiços e oscilações de humores e opinões. Sempre volto como se nada tivesse acontecido e consigo pegar o trem andando. No problem.

Agora posso voltar a escrever normalmente porque finalmente arrumei o Blog. Eeeee! Arrumei o pau gigante que tinha dado aqui e agora está tudo nos trinques de novo.

Então, eu tô muito louca para começar a gravar uns videozin porque acho que vou ser mais eficiente e poupar vocês dos textões. Porém, ainda não posso fazer isso apesar de eu ter um gazilhão de ideias na cabeça, eu não estou conseguindo falar direito e a minha cara está do tamanho da Lua. Na semana passada eu tirei duas próteses de titânio (10 cm cada uma!) da minha mandíbula, aí por conta disso estou de molho. Pra mim está sendo ótimo apesar de não conseguir sair de casa ainda por conta do inchaço. Já li dois livros e agora estou na metade do terceiro para vocês terem ideia! Eu estou curtindo esse tempinho para ficar em casa porque ultimamente ando trabalhando muito.

Esse ano tem sido muito incrível. Ele já começou bem intenso. Eu e o Alex passamos a virada no meio da Mata Atlântica porque eu decidi ir tomar o chá da floresta; Ayahuasca. Foi muito lindo e um tanto difícil também. Nós dormimos separados dentro de um templo usando os nossos colchões de yoga e para se ter ideia não havia nem água quente no chuveiro. Depois disso posso com todo o meu coração afirmar que a minha vida nunca será a mesma. Ainda bem. Pra mim foi uma das coisas mais maravilhosas que fiz. Foi mais uma experiência única de superação e auto conhecimento.

Eu juro que vou voltar aqui e contar tim tim por tim tim como foi a minha experiência (são taaantas coisas que ficaria falando pela eternidade!). Mas enfim, agora estou focando em ficar bem logo, e em junho eu e o Benji vamos ao Brasil. Vai rolar um curso muito especial no mesmo lugar em que eu tomei a aya e senti que eu precisava muito voltar lá. Vou aproveitar para matar as saudades infinitas de todo mundo também! E comprar uns 20 quilos de cristais de novo e renovar o meu estoque de livros em português!

Agora em maio eu estava inscrita em um curso de meditação Vispassana do grupo Dharma aqui da Suécia. Seriam 10 dias em silêncio, mas aí resolvi preferir ir para o Brasil e fazer o curso que terá a duração de 2 semanas nas quais irei ficar totalmente isolada do mundo. Vai ser puro love. Sei que não vai ser fácil, até então eu nunca fiquei mais de 4 dias longe do Benja. (e nem 5 minutos sem 4G hehe). Sim, eu virei muito bicho grilo. Aliás, sempre fui, agora que veio a tona mesmo..

Aqui chegou a primavera mas ainda continua nevando em pleno mês de abril porém os dias já estão ficando mais claros e a esperança começa a ressurgir no coração do povo. Eu estou bem feliz também porque ultimamente tenho me desafiado e comido praticamente só coisas veganas aqui em casa e já vi uma grande diferença no meu bem estar geral. Não é uma coisa fácil de se fazer e estou respeitando o meu tempo..

Bom, acho que é isso.

Um bejo no core.

 

 

 

You Might Also Like...